Canela: os benefícios no seu organismo

A canela ocupa um lugar especial no mundo das especiarias. Trata-se de uma planta nativa da Indonésia e cultivada em várias regiões do mundo, tem seu nome científico cinnamomum que significa “madeira doce”.  

Estudos identificam diversas propriedades biológicas da canela, tais como propriedades anti-sépticas, analgésicas, antiespasmódicas, adstringentes, inseticidas e parasiticidas




Desde os tempos primórdios são registrados o uso da canela como um remédio bastante eficiente, usado na culinária como forma de prevenção de doenças e tônico, melhorando diversos mal-estares que acometem a população.

Atualmente é utilizado na culinária no preparo de doces, pães doces, arroz doce, bolos, tortas de frutas, compotas, pudins, bebidas quentes como o chocolate e o café, entre outras preparações

A canela tem propriedades termogênicas, fator que acelera o metabolismo e auxilia na queima de gordura.

A canela, a qual é utilizada como um agente aromatizante em alimentos ou chá, pode atuar como um potente antioxidante, podendo ser utilizada para prevenir estresse.

Podendo ser utilizada ainda no tratamento de problemas estomacais, gases intestinais, pressão alta, náuseas, diarréia e vômito.

Devido as suas propriedades antioxidantes, a canela pode ter efeitos benéficos na prevenção e manejo de doenças cardiovasculares, hipertensão e diabetes.

Saiba mais clicando na imagem

Recomendação de uso

É recomendado o uso de doses de 125 a 550mg por dia.

A canela melhora a sua saúde desde que incorporada numa alimentação saudável

Indicações  

  • Agente antioxidante;  
  • Prevenção do Diabetes;  
  • Diminuição do açúcar circulante;  
  • Auxilio na perda de peso;  
  • Evita a gordura localizada;  
  • Ação termogênica;
  • Promove sensação de saciedade;  
  • Diminuição da pressão arterial;  
  • Estimulante: metabolismo, afrodisíaco, revigorante;  
  • Redução de fadiga e sensação de cansaço.

Leia Também:

Entendendo o Jejum Intermitente

Será que sou obeso (a)?

Não consegue emagrecer? Procure ajuda profissional


Essa especiaria possui substâncias antioxidantes que previnem o envelhecimento precoce e doenças degenerativas como o Alzheimer, por exemplo.

Não deve ser utilizada por gestantes e lactantes e em pessoas com hipersensibilidade a canela




Auxiliando na diabetes tipo II

Em um estudo randomizado, com 60 pacientes acometidos por Diabetes tipo II, sendo 30 homens e 30 mulheres entre 50 a 55 anos foram divididos em 6 grupos.

Os três primeiros grupos utilizavam canela todos os dias, os três últimos grupos administravam placebo.

Após 40 dias os resultados que puderam ser observados foram:

O grupo que administrava canela teve diminuição de:

  • 18-29% de glicemia,
  • 23-30% de triglicerídeos,
  • 7-27% de LDL e
  • 12-26% de colesterol total;

Os grupos que ingeriam placebo não apresentaram mudanças significativas.

Podendo então ser visto a melhora para pacientes com a doença, mesmo pré-diabéticos ou até mesmo controle da glicemia e triglicerídeos para pacientes sem Diabetes.

Precauções

Não deve ser administrada por pessoas que possuem sensibilidade ou alergia a canela

Armazenamento

Conservar o produto em temperatura ambiente ao abrigo de luz e umidade.

Como consumir a canela

A canela tem um sabor muito específico e fica gostoso com café, com frutas, na papa de milho, no leite e em várias receitas gostosas.




Sandra Santos

Sandra Santos é administradora, professora, blogueira. Está na blogosfera desde o ano de 2015 como conteudista. Gosta de escrever conteúdos relevantes e informações preciosas.

Website: http://sandrasantos.net/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *